9 de abril de 2017

Minha nova parceria esta Fera!!! Paula Ferreira Bellydancer

Entre idas e vindas no nosso dia a dia encontramos pessoas maravilhosas em nosso caminho, e basta um café e uma tarde cheia de inspirações para fecharmos parcerias sensacionais!!!
Apresento a vocês esta queridíssima amiga e minha parceira!

´Paula Ferreira
Abaixo esta seu realise para que vocês também a conheçam...
E meu trabalho será também assinado por ela, Seja bem vinda
Obrigada por esta oportunidade!!



Paula Ferreira  estudou Licenciatura em Dança e Pedagogia pela UFRGS. Seus estudos em dança começam nos anos 90 quando integra  a equipe de ginastas do Vida Centro Humanístico. Em 97 inicia seus estudos em danças árabes, danças de salão e jazz. Desde então toda e qualquer oportunidade de aprendizado do movimento lhe fascina e dificilmente é desperdiçada “ Vocabulário de movimentos, é o material necessário para expressar a alma, disso é  feita a dança”.  Das danças populares e folclóricas às clássicas de vários povos, as modernas, as tradicionais, as transcendentais  assim como as técnicas de compreensão e transgressão do mover, aí reside seu coração. 
Elegância, dinâmica,  técnica de diversas poéticas perpassam sua dança e  são as marcas desta bailarina. Faz parte da Cia  Akbar , integra o Corpo de Baile da Casa Z Cultura e Dança Cigana e Cia. de Dança do Ventre Joia do Nilo. Foi bailarina do Grupo de Brincantes do Paralelo 30,  Cia Aktar Alessandra Forte, Ballet UFRGS, Cia Olhar Oriental e Troupe do Sul.  Bailarina com  padrão técnico e artístico internacional  Avaliação Belly Dance(2010), com certificação de Excelência em Dança Árabe  Noite da Conquista (2011).
Iniciou a docência em dança em 2007, desde então é reconhecida pelo rigor técnico, disciplina e o amplo conhecimento do mover humano. Coreógrafa premiada em todos os festivais que participaram suas estudantes, sempre com destaque para a riqueza coreográfica e trabalho de pesquisa.
 Atuou por cinco edições como árbitra técnica ( LIBRAF)  do Sul americano de danças árabes e foi uma das colaboradoras do livro  RDAC –Regulamento de Dança  Árabe Competitiva de Lise Bueno.
Coreógrafa premiada em todos os festivais que participaram suas estudantes, sempre com destaque para a riqueza coreográfica e trabalho de pesquisa.